Buscar
Buscar

entrega-expressa

Sena & Sophia: Centenários

Por: R$ 75,00

Preço a vista: R$ 75,00

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 75,00
Outras formas de pagamento
Sena & Sophia: Centenários

Grupo Livros

AutorAna Luísa Amaral, Vilma Arêas, Luís Filipe Castro Mendes, Eucanaã Ferraz, Rui Vieira Nery
ISBN9786586719307
TítuloSena & Sophia: Centenários
EditoraBazar do Tempo
Ano de Edição2020
IdiomaPortuguês
Número de Páginas532
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23
Largura16
Profundidade5
Peso1300
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseNo centenário de dois dos mais importantes poetas portugueses de todos os tempos, Jorge de Sena e Sophia de Mello Breyner Andresen, quarenta especialistas, do Brasil, de Portugal, também da Itália e dos Estados Unidos, celebram a data com os ensaios reunidos neste livro. Uma série de textos que apresentam perspectivas que aprofundam, destacam e revelam os fascinantes aspectos dessas obras maiores da língua portuguesa, seus múltiplos sentidos e alcances, além do rico diálogo entre elas. Contemporâneos (nascidos em Portugal com a distância de apenas quatro dias em novembro de 1919) e amigos, Sena e Sophia foram ambos testemunhas de seu tempo, produzindo uma obra vastíssima, que inclui, além da poesia – o campo de maior e mais reconhecida atividade –, ficção, peças teatrais, ensaios e traduções. Debruçando-se sobre essa rica e eloquente obra, e também abordando aspectos biográficos dos dois autores, pesquisadores, poetas e professores como Eucanaã Ferraz, Ana Luísa Amaral, Carlos Mendes de Sousa, Luís Filipe Castro Mendes, Vilma Arêas, Margarida Braga Neves, Rui Vieira Nery e Sofia de Sousa Silva apresentam esta série de estudos e leituras que formam em seu conjunto um panorama inédito da vida e da obra de Jorge de Sena e Sophia de Mello Breyner. Uma série de poemas selecionados costuram a edição. “O tempo em que publicamos este livro é, mais do que nunca, um tempo dilacerado. Mas talvez, por isso mesmo, nunca antes tenhamos tido tanta fome de poesia, tanta fome de reconciliação com aquilo que em nós nos transcende, apesar da nossa fragilíssima precariedade. Dessa transcendência experimentada nos limites do homem, de dentro da sua grandeza intrínseca, falaram-nos Sena e Sophia, cuja memória nos faz, senão acreditar, ao menos duvidar que as nossas vidas, as nossas lutas – e por que não as nossas esperanças – não terão sido possivelmente vãs”, apontam as organizadoras.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio