Buscar
Buscar

Estação Paraty

Por: R$ 42,00

Preço a vista: R$ 42,00

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 42,00
Outras formas de pagamento
Sinopse
Ficha Técnica
Estação Paraty

Grupo Livros

AutorSérgio Saraceni
ISBN9788575091500
TítuloEstação Paraty
EditoraGeração Editorial
Ano de Edição2006
IdiomaPortuguês
Número de Páginas148
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura14
Profundidade0,8
Peso192
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
Sinopse“Estação Paraty”, uma leitura singela como a paisagem da cidade Com apresentação de Nelson Pereira dos Santos, diretor de Vidas secas, A terceira margem do rio e Memórias do Cárcere, o último livro de Sérgio Saraceni, Estação Paraty, lançado pela Geração Editorial, é uma leitura singela como a paisagem do balneário. “Ler este livro de Sérgio Saraceni é caminhar em Paraty, prazer acrescido com a companhia do autor e dos seus ilustres e sábios amigos”, afirma o cineasta. Dividido em capítulos quase sempre com o nome do Estado ou cidade do visitante, o livro poderia ter o título de O Amável Anfitrião, graças à maneira como Sérgio Saraceni tratava os amigos em sua casa. São quase todas pessoas ligadas à música e ao cinema. Elas percorrem Paraty e conversam com o atencioso e culto anfitrião. Relembram histórias curiosas e bonitas de gente como Antônio Carlos Jobim, Dorival Caymmi, Elza Soares, Orlando Silva, Pixinguinha e Villa-Lobos, além do poeta Pablo Neruda, do diplomata Sérgio Vieira de Mello e de uma jovem sertaneja apaixonada pelo cinema e por Alex Viany. Entre os visitantes, estão Luiz Lopes Coelho, de quem o livro traz o conto policial “Lua-de-Mel”; o fundador da Banda de Ipanema e “atleta da noite”, Albino Pinheiro; o crítico de cinema Almeida Salles; o brasileiro-argentino Eduardo Fabiano, que em Buenos Aires repreende um grupo de jovens hostis aos brasileiros; e o escritor Thomas Mann, que, na imaginação de Sérgio, se emociona ao conhecer a casa onde sua mãe nasceu.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio