De segunda a sexta, das 08h às 18h

Sábado das 09h às 17h20

Exceto Feriados.

Siga a Vila

Buscar
Buscar

Antonio Obá

Por: R$ 158,00

Preço a vista: R$ 158,00

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 158,00
Outras formas de pagamento
Antonio Obá

Grupo Livros

AutorCampbell Diana
ISBN9786556910741
TítuloAntonio Obá
EditoraCobogó
Ano de Edição2023
IdiomaPortuguês
Número de Páginas220
País de OrigemBrasil
AcabamentoEncadernado
Altura25
Largura22
Profundidade2,3
Peso1200
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseCom textos das curadoras Diana Campbell e Diane Lima, o livro Antonio Obá reúne pinturas, objetos e performances criados pelo artista que vive e trabalha em Brasília. A arte de Obá investiga as contradições na construção do Brasil, refletindo sobre a ideia de uma identidade nacional a partir do tensionamento da memória racial, histórica e política do país. Perturbando arquétipos e padrões impostos pela sociedade, suas obras tiram o corpo negro de um lugar de vergonha e exploração para, em suas próprias palavras, “recuperar, reconfigurar e narrar imagens que podem resgatar a dignidade de um corpo que foi historicamente negado, marginalizado, comercializado, distorcido e apagado.” Assim, nascida do corpo, a arte de Antonio Obá posiciona sua prática no contexto da performance ritual, da crítica a` violência racial e no centro do vasto repertório cultural-religioso que habita o território brasileiro. Uma de suas pinturas, Dança dos meninos (2021), inspirada por um videoclipe de Milton Nascimento, carrega o vermelho da terra de Minas Gerais – marcada pela opressão nas relações trabalhistas, religiosas e raciais – conforme as figuras de oito jovens negros criam um novo significado a partir do passado, através de uma dança de liberdade. O Brasil está na essência inclusive de criações como Wade in the Water II (2020), o artista faz uma referência à figura imortalizada de George Floyd. que, assumindo poderes de Iemanjá – orixá que, na religião do candomblé, domina as águas –, caminha, destemido, sobre o mar que se abre, em direção ao espectador. Como escreve a curadora americana Diana Campbell, a arte de Antonio Obá, “subvertendo e manipulando a história como forma de transcender e transfigurar a partir da dor do passado”, atrai “nosso desejo coletivo por um futuro mais igual, amoroso e justo”. O poder artístico de sua obra vem da construção da “narrativa de um corpo negro que transcende o sofrimento e retorna às suas origens nobres munido de todas as lições adquiridas ao longo de gerações de sacrifícios e lutas dos movimentos de solidariedade”. Trechos: “A relação entre religião e corpo aparece na prática de Obá principalmente no que diz respeito à opressão e à restrição da liberdade. Ser católico é uma parte forte da identidade do artista, que até quis ser padre antes de dedicar sua vida ao caminho da arte. A arte é um lugar onde Obá pode permanecer católico, mas escapar das regras e injustiças da religião organizada, alcançando um plano superior
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou