Buscar
Buscar

A Tela do Cinema Como Protese de Percepção

+-
Tela do Cinema Como Protese de Percepção, a

Grupo Livros

AutorSusan Buck-Morss
ISBN9788563003003
TítuloA Tela do Cinema Como Protese de Percepção
EditoraCultura e Barbarie
Ano de Edição2018
IdiomaPortuguês
Número de Páginas36
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura14
Profundidade0,5
Peso80
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseA coletividade do século XX, que constrói sua identidade na base da imagem ao invés da palavra, é, ao menos potencialmente, uma verdadeira comunidade internacional, como bem sabiam os produtores e distribuidores dos primeiros filmes mudos. Essa é a vantagem política do cinema como prótese de cognição. Mas se esta coletividade é de conformismo e não de consenso, se a uniformidade substitui a universalidade, abre-se a porta para a tirania. Se as “verdades” são universais porque são experimentadas em comum mais que percebidas em comum porque são universais, então a prótese cinemática se torna um órgão de poder, e a cognição se torna doutrinamento. Quando a audiência de massa tem uma sensação de identidade imediata com a tela do cinema, e a própria percepção se torna consenso, desaparece o espaço para o debate crítico, intersubjetivo, e a discussão.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio