De segunda a sexta, das 08h às 18h

Sábado das 09h às 17h20

Exceto Feriados.

Siga a Vila

Buscar
Buscar

8/1: a Rebelião dos Manés: Ou Esquerda e Direita nos Espelhos de Brasília

Por: R$ 49,90

Preço a vista: R$ 49,90

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 49,90
Outras formas de pagamento
8/1: a Rebelião dos Manés: Ou Esquerda e Direita nos Espelhos de Brasília

Grupo Livros

AutorPedro Fiori Arantes, Fernando Frias, Maria Luiza Meneses
ISBN9788577159505
Título8/1: a Rebelião dos Manés: Ou Esquerda e Direita nos Espelhos de Brasília
EditoraHedra
Ano de Edição2024
IdiomaPortuguês
Número de Páginas184
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura19
Largura12,7
Profundidade9,4
Peso400
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
Sinopse"8/1: A rebelião dos manés" é uma análise política da história do tempo presente que problematiza uma inversão decisiva nas lutas sociais do Brasil: por que a direita se tornou ativista e audaz enquanto a esquerda novamente está refém do realismo político e da gestão comportada do sistema? Ao investigarem os traços distintivos do ataque bolsonarista a Brasília em 8 de janeiro de 2023, os autores analisam como a extrema-direita incorporou os impulsos políticos, rebeldes e estéticos da esquerda, reconfigurando-os ao seu modo e em sentido golpista. Além disso, resgatam o imaginário social dos levantes populares, incluindo Junho de 2013, sondam as influências norte-americanas e dissecam o instrumental reacionário manifesto nos herdeiros da ditadura, em Olavo de Carvalho, no MBL, nos 300 do Brasil e no salvacionismo evangélico — todos combinados, fomentando a rebelião dos "manés". À sombra deles, generais e o clã Bolsonaro disfarçavam malandramente a trama para a virada de mesa que ficou pela metade. Os autores empreendem não apenas uma análise da visualidade e do imaginário dos novos rebeldes, de suas tramas e desfaçatez política, como apontam caminhos ainda possíveis para uma esquerda que precisa retomar a imaginação coletiva, a crítica radical e a rebeldia insurgente a fim de alterar o curso da história em favor dos despossuídos. Se não o fizer, a vanguarda reacionária seguirá ocupando as ruas, comandando os negócios e a vida política real, do Congresso às periferias — e o que será de nós?
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou