0
0
O Verão do Chibo
Autor:
Editora:
Cód:
9788560281510

O Verão do Chibo

Autor:
Editora:
Cód:
9788560281510

Disponibilidade

Não é possível calcular o valor do Frete para o CEP informadoPrazo de entrega válido para pedidos feitos até as 22h00 com cartão de crédito e aprovado na primeira tentativa.

Por: R$ 39,90

Preço a vista: R$ 39,90

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 39,90
Outras formas de pagamento
Opções de pagamento >
Comprar
Sinopse
Ficha Técnica

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Sinopse

Descrição do Produto

Verão do Chibo, o

Grupo Livros

AutorVanessa Barbara, Emilio Fraia
ISBN9788560281510
TítuloO Verão do Chibo
EditoraAlfaguara
Ano de Edição2008
IdiomaPortuguês
Número de Páginas120
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23
Largura15
Profundidade0,72
Peso220
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
Sinopse"O verão do Chibo" revela a habilidade narrativa de dois autores que já podem ser incluídos entre os mais originais da nova geração de escritores brasileiros. Obra sutil, muitas vezes cômica, outras vezes emocionante, trata, sobretudo, dos mistérios que cercam o amadurecimento. No livro, um menino de cerca de sete anos, mergulhado num universo muito particular, descreve suas aventuras nas férias de verão, embrenhado num milharal ao lado de outros amigos. Mas esse é um verão diferente. Pois Chibo, seu irmão mais velho, some misteriosamente, e os outros garotos parecem seguir o mesmo caminho. Emilio Fraia e Vanessa Barbara contam que trabalharam de forma exaustiva, nesse seu primeiro romance, para mesclar idéias e estilos e conseguir alcançar uma voz narrativa coesa. “Quando duas pessoas escrevem juntas, e não são vaidosas, o resultado é melhor do que quando trabalham separadas.” A frase, do escritor argentino Adolfo Bioy Casares sobre a famosa parceria com Jorge Luis Borges, é usada pela dupla para ilustrar a motivação que os une. “Essa parceria – que se desdobrou em traduções, organização de antologias, escrita de artigos, prefácios e roteiros de cinema – é a história de uma profunda amizade e, também, de intercâmbios e contaminações mútuas, em um diálogo literário vigoroso”, escreveram os autores em artigo também escrito a quatro mãos sobre Borges e Bioy, no qual revelam outras fontes de inspiração: "Bioy e Borges suscitam as mesmas comparações que outros duos literários: são o Tom e Jerry do thriller, o Bouvard e Pécuchet do suspense, o Batman e Robin do crime, quando não o Fred Astaire e Ginger Rogers do romance”, lembra a dupla. No artigo, publicado recentemente, os jovens autores citam ainda o crítico Daniel Balderston, para quem Borges formulou em várias ocasiões sua idéia de que a criação literária é em grande parte algo impessoal, por ser cada escritor arquétipo de todos os escritores. “Talvez, para Borges, a colaboração seja uma forma de superar o ‘eu’ e a idéia ególatra de que uma obra está possuída por seu autor”, especula Balderston. Emilio e Vanessa assinam embaixo.[...]
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou