Buscar
Buscar

Uma Filosofia Politica - Argumentos para o Conservadorismo

+-
Sinopse
Ficha Técnica
Uma Filosofia Politica - Argumentos para o Conservadorismo

Grupo Livros

AutorRoger Scruton
ISBN9788580333015
TítuloUma Filosofia Politica - Argumentos para o Conservadorismo
EditoraE Realizações
Ano de Edição2017
IdiomaPortuguês
Número de Páginas264
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura22,8
Largura15,8
Profundidade1,2
Peso422
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseA partir de temas precisos e variados, que estão presentes nas discussões cotidianas - como patriotismo, sustentabilidade, vegetarianismo, aborto, suicídio assistido, diversidade de gênero e secularismo -, Scruton oferece uma visão coesa da política, fundada no respeito às tradições e no cuidado pela cultura local. A atenção às polêmicas contemporâneas não torna a exposição fragmentada, pois Scruton a todo momento contrapõe a visão de mundo moderna, baseada no naturalismo filosófico, com um entendimento mais profundo da natureza humana, que permite investigar as raízes dos regimes totalitários e nos desembaraçar da linguagem ideológica dos discursos políticos. Nos últimos vinte anos o filósofo britânico Roger Scruton desenvolveu uma visão conservadora dos seres humanos, da sociedade e da cultura. O tom deste livro é positivo, e os argumentos são recomendações com o objetivo de convencer o leitor de que os rumores da morte da civilização ocidental são um tanto exagerados. Esta coleção de onze ensaios apresenta as ideias de Scruton sobre uma variedade de assuntos, desde a importância da soberania nacional até o conservadorismo de T. S. Eliot. Escreve com força e chega a conclusões sobre proteção ambiental e suicídio assistido. A obra poderia ser caracterizada como "observações de uma disposição conservadora sobre vários tópicos". Uma coleção de ensaios cujo fio condutor é o valor do Estado-nação tradicional. Scruton explica a visão conservadora com grande profundidade e compreensão.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio