Buscar
Buscar

entrega-expressa

Tudo Nela É de Se Amar: a Pele Que Habito e Outros Poemas sobre a Jornada da Mulher Negra

Por: R$ 39,90

Preço a vista: R$ 39,90

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 39,90
Outras formas de pagamento
Tudo Nela É de Se Amar: a Pele Que Habito e Outros Poemas sobre a Jornada da Mulher Negra

Grupo Livros

AutorLuciene Nascimento, Lázaro Ramos
ISBN9786557330067
TítuloTudo Nela É de Se Amar: a Pele Que Habito e Outros Poemas sobre a Jornada da Mulher Negra
EditoraEstação Brasil
Ano de Edição2021
IdiomaPortuguês
Número de Páginas144
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura14
Profundidade0,9
Peso250
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
SinopsePrefácio de Lázaro Ramos.Luciene Nascimento é poeta e escritora, e seus vídeos de pedagopoesia somam mais de 3 milhões de visualizações na internet. Foi citada pela imprensa como inspiração para novas gerações na literatura. “Luciene Nascimento é uma explosão em forma de poesia. Foi o que percebi quando tive contato com o seu jeito de compreender a identidade. Ali estavam as questões relacionadas à autoestima, à necessidade de se posicionar ou não, à saúde mental...No entanto, tudo isso vinha impregnado de algo inédito, absolutamente novo: a voz dela. Que bom que vocês terão contato com as palavras de Luciene. Ela ajuda a criar caminhos.” – Lázaro Ramos Nunca mais me esquecerei do dia em que ouvi da boca e da alma de Luciene Nascimento o poema “Tudo nela é de se amar”, que dá título a este livro de estreia. Dita em voz límpida e serena, a poesia produziu em mim a sensação de estar em contato não apenas com a voz dessa moça, mas com as vozes de muitas outras mulheres ancestrais.Era como se Luciene pudesse amalgamar tantas outras vozes silenciadas pela história e fizesse de sua poesia uma porta para um mundo historicamente desprezado, violentado.A voz de Luciene não pede revanche, mas atenção. A voz de Luciene não quer intimidar, mas se impõe pela inteligência, maturidade e potência com que traduz, a partir da sua, a jornada das mulheres negras do Brasil.Luciene Nascimento é nome a ser guardado em lugar especial.Nasce uma voz brilhante na poesia brasileira. — Pascoal Soto
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou