0
0
So Percebo Que Estou Correndo Quando Vejo Que Estou Caindo
Autor:
Editora:
Cód:
9788555910913

So Percebo Que Estou Correndo Quando Vejo Que Estou Caindo

Autor:
Editora:
Cód:
9788555910913

Disponibilidade

Não é possível calcular o valor do Frete para o CEP informadoPrazo de entrega válido para pedidos feitos até as 22h00 com cartão de crédito e aprovado na primeira tentativa.

Por: R$ 32,00

Preço a vista: R$ 32,00

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 32,00
Outras formas de pagamento
Opções de pagamento >
Comprar
Sinopse
Ficha Técnica

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Sinopse

Descrição do Produto

So Percebo Que Estou Correndo Quando Vejo Que Estou Caindo

Grupo Livros

AutorLane Lopes
ISBN9788555910913
TítuloSo Percebo Que Estou Correndo Quando Vejo Que Estou Caindo
EditoraCobogó
Ano de Edição2019
IdiomaPortuguês
Número de Páginas80
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura19
Largura13
Profundidade0,5
Peso100
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseNum dia aparentemente normal, Mônica vê sua calcinha escapar do varal e inicia uma corrida insana pelas ruas da cidade atrás de sua fugitiva intimidade. A busca, no entanto, acaba perdendo o sentido e a direção, atravessando tempos e espaços diversos e, como num sonho, misturando e recombinando tudo pelo caminho. Seu namorado vira seu chefe, seu chefe vira seu cachorro, que vira um motorista de ônibus e segue se transformando. É como afirma Mônica: “Imagino minha calcinha olhando de rabo de olho quando eu esquecia meu zíper aberto. Olhando pro lado de fora do meu short se perguntando qual era a sensação de ver a rua, de ver o sol.” Vivendo numa sociedade que lhe exige alcançar os melhores desempenhos, é na busca por uma calcinha perdida que Mônica encontra maneiras de se livrar de um cotidiano que a sufoca e enclausura. só percebo que estou correndo quando vejo que estou caindo é uma investigação sobre como um fluxo narrativo pode abrir caminhos distintos numa sociedade que tende a padronizar e a moralizar a sensibilidade humana. Escrita por Lane Lopes, esta dramaturgia foi criada durante as atividades da quarta turma do Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI (2018) com orientação do dramaturgo e diretor Diogo Liberano.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou