0
0
Saudades dos Cigarros Que Nunca Fumarei - Ensaios Imprudentes
Autor:
Editora:
Cód:
9788501110848

Saudades dos Cigarros Que Nunca Fumarei - Ensaios Imprudentes

Autor:
Editora:
Cód:
9788501110848

Disponibilidade

Não é possível calcular o valor do Frete para o CEP informadoPrazo de entrega válido para pedidos feitos até as 22h00 com cartão de crédito e aprovado na primeira tentativa.

Por: R$ 49,90

Preço a vista: R$ 49,90

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 49,90
Outras formas de pagamento
Opções de pagamento >
Comprar
Sinopse
Ficha Técnica

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Sinopse

Descrição do Produto

Saudades dos Cigarros Que Nunca Fumarei - Ensaios Imprudentes

Grupo Livros

AutorGustavo Nogy
ISBN9788501110848
TítuloSaudades dos Cigarros Que Nunca Fumarei - Ensaios Imprudentes
EditoraRecord
Ano de Edição2017
IdiomaPortuguês
Número de Páginas266
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23
Largura16
Profundidade1,5
Peso340
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
Sinopse"O ensaio breve é uma arte que exige graça e agilidade. Gustavo Nogy é, nele, uma espécie de ginasta olímpico. Tem de ser: não há texto neste livro que não dê volteios em torno da dificuldade que é viver aqui, neste mundo, neste país, nestes anos. O autor ora desfere contra essa mania atual de endeusar os filhos, ora faz você se perguntar por que descer ao litoral no feriado – lentamente, a 20 km por hora no congestionamento – parece uma maneira eficaz de escapar de tudo, se tudo e todos estão indo junto com você. Em um texto, relembra os tapas na nuca que a mãe lhe dava quando ele chorava na escola, como Proust relembrava as suas madeleines – como um sabor inefável e insubstituível perdido no tempo. No texto seguinte, desconcerta com a comparação entre as revistas masculinas e as femininas, e a conclusão de que elas são um bocado parecidas. Ao final, Gustavo se torna para o leitor um bom amigo. Que provoca, que diz as coisas como as coisas são, que às vezes até ultraja. Mas que nunca perde o humor nem a vontade de ouvir – e a de conversar, em boa prosa."
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou