0
0
Pedagogia da Autonomia
Autor:
Editora:
Cód:
9788577534098

Pedagogia da Autonomia

Autor:
Editora:
Cód:
9788577534098

Disponibilidade

Não é possível calcular o valor do Frete para o CEP informadoPrazo de entrega válido para pedidos feitos até as 22h00 com cartão de crédito e aprovado na primeira tentativa.

Por: R$ 34,90

Preço a vista: R$ 34,90

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 34,90
Outras formas de pagamento
Opções de pagamento >
Comprar
Sinopse
Ficha Técnica

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Sinopse

Descrição do Produto

Pedagogia da Autonomia

Grupo Livros

AutorPaulo Freire
ISBN9788577534098
TítuloPedagogia da Autonomia
EditoraPaz e Terra
Ano de Edição2019
IdiomaPortuguês
Número de Páginas144
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura14
Profundidade1
Peso150
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseA obra de Paulo Freire em novo projeto gráfico.Pedagogia da autonomia reafirma o profundo compromisso ético de Paulo Freire na defesa da existência digna. Neste seu último livro publicado em vida, em 1996, o educador aprofunda sua teoria-ética de uma vida voltada para a liberdade, a verdade e a autenticidade dos sujeitos, contra a lógica do capital. A partir do amor revolucionário e do rigor crítico, reflete sobre o que o ato de ensinar exige de educadores e educandos. “Gosto de ser homem, de ser gente, porque não está dado como certo, inequívoco, irrevogável que sou ou serei decente, que testemunharei sempre gestos puros, que sou e que serei justo, que respeitarei os outros, que não mentirei escondendo o seu valor porque a inveja de sua presença no mundo me incomoda e me enraivece. Gosto de ser homem, de ser gente, porque sei que a minha passagem pelo mundo não é predeterminada, preestabelecida. Que o meu ‘destino’ não é um dado, mas algo que precisa ser feito e de cuja responsabilidade não posso me eximir. Gosto de ser gente porque a história em que me faço com os outros e de cuja feitura tomo parte é um tempo de possibilidades, e não de determinismo. Daí que insista tanto na problematização do futuro e recuse sua inexorabilidade.”
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou