Buscar
Buscar

entrega-expressa

Oh, Margem! Reinventa os Rios!

Por: R$ 40,00

Preço a vista: R$ 40,00

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 40,00
Outras formas de pagamento
Oh, Margem! Reinventa os Rios!

Grupo Livros

AutorPaulo Scott, Cidinha da Silva
ISBN9786586280418
TítuloOh, Margem! Reinventa os Rios!
EditoraOficina Raquel
Ano de Edição2020
IdiomaPortuguês
Número de Páginas126
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura18
Largura13
Profundidade3
Peso200
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
SinopseO livro Oh, margem! Reinventa os rios! marca o reencontro de Cidinha da Silva com a crônica. A escrita ágil, irônica e multifacetada da autora promove sensações diversas em que a lê, incluindo a reflexão sobre temas como as práticas racistas arraigadas no dia-a-dia das relações humanas no Brasil, assimetrias de gênero e opressão sócio-política. Com vinte e dois textos, o livro ganha nova edição aumentada e nova organização dos textos que flui como o curso de um rio, nascente, afluente, leito e foz. Este lançamento tem prefácio de Paulo Scott, dois contos e três crônicas novas: Thriller (originalmente publicado na Alemanha), Querubim Pretim, O dia que o livro foi traje de gala, Musashi e Spider e O lugar de fala de quem se pergunta em que inimaginável mundo novo vivemos? Das crônicas emergem sujeitos dignos, plenos de humanidade que enfrentam (como podem) os dilemas narrativos propostos em situações amorosas, sensuais, futebolísticas e do cotidiano da pobreza, vivida e apresentada com dignidade. Em sua apresentação, Paulo Scott ressalta: “Ainda assim quero chamar atenção para a última narrativa desta coleção, “O lugar de fala de quem se pergunta: em que inimaginável mundo novo vivemos?”, sobre a sensibilidade da autora, sobre a sua leitura criteriosa a respeito da, nada óbvia, tensão presente nos constantes embates de nossa rotina brasileira, rotina em que sobressai – em graus diversos, sempre sobressai – o velho e anacrônico racismo estrutural brasileiro. E nisso também, aqui, diante de vocês, com a força que este nosso tempo exige, um livro urgente.”
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio