Buscar
Buscar

O Museu do Silêncio

+-
Sinopse
Ficha Técnica
O Museu do Silêncio

Grupo Livros

AutorYoko Ogawa
ISBN9788574482699
TítuloO Museu do Silêncio
EditoraEstação Liberdade
Ano de Edição2016
IdiomaPortuguês
Número de Páginas304
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura14
Profundidade1,5
Peso375
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseOs museus têm como pressuposto guardar objetos de valor histórico ou científico para fins de exibição pública, de modo a registrar à posteridade a importância que eles tiveram para a humanidade num período determinado. Mas como seria no caso de um museu que tivesse como objetivo preservar lembranças de pessoas que morreram? Essa é a essência da trama proposta pela japonesa Yoko Ogawa neste O Museu do Silêncio, primeira amostra da produção da autora que a Estação Liberdade traz ao público brasileiro. O sonho de dar cabo ao Museu do Silêncio é de uma velha que vive com a jovem filha e um casal de empregados. Um museólogo - narrador da história - é contratado por ela para tirar o projeto do papel. De personalidade hostil e sem o menor traquejo social, a velha tem lá suas idiossincrasias, sobretudo em relação ao tipo de conteúdo que planeja para o museu: as lembranças dos mortos precisam ser representativas do que eles foram em vida. Uma peça de roupa, uma fotografia sorridente - nada disso. Não se trata de preservar lembranças afetivas. Cada objeto do museu precisa ser a metáfora perfeita da existência do finado. No caso do homem cego, por exemplo, só mesmo seu olho de vidro serve às intenções da velha. E o museólogo - nenhum dos personagens do livro é nomeado - tem que se virar para recolher esse tipo de "relíquia" dos corpos moribundos.
Edição2
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio