Buscar
Buscar

Minha Esposa Tem a Senha do Meu Celular

Por: R$ 44,90

Preço a vista: R$ 44,90

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 44,90
Outras formas de pagamento
Sinopse
Ficha Técnica
Minha Esposa Tem a Senha do Meu Celular

Grupo Livros

AutorCarpinejar
ISBN9788528623918
TítuloMinha Esposa Tem a Senha do Meu Celular
EditoraBertrand Brasil
Ano de Edição2019
IdiomaPortuguês
Número de Páginas144
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura13,6
Profundidade1,1
Peso200
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
Sinopse"Seja no celular o que você é à luz do dia — aprenda a resguardar a intimidade (e a honestidade) na vida digital. Depois de focar na relação entre pais e filhos, na dificuldade de reconhecer a fragilidade da vida e na necessidade de retribuir o que recebeu ao longo da vida em Cuide dos pais antes que seja tarde — best-seller com mais de 40 mil exemplares vendidos —, Carpinejar agora se volta para a relação entre marido e mulher em Minha esposa tem a senha do meu celular, uma narrativa biográfica sobre proximidade em tempos velozes. Dos aplicativos de relacionamento à ubiquidade da pornografia, passando pela profusão de nudes que fazem parte da vida dos casais modernos, Minha esposa tem a senha do meu celular prega a simplicidade do amor à moda antiga, mas, de forma alguma, ultrapassado e muito menos conservador. O livro é, antes de tudo, uma exaltação às banalidades do dia a dia do casal e uma defesa do realismo nas relações amorosas, sem expectativas que jamais serão atendidas e podem se tornar fontes de frustração e desconfiança mútuas. “Posso te falar do que vejo e sinto ao ler as palavras de Carpinejar. Nos tornamos melhores, depois de cada livro. Ele tem a capacidade de escrever traduzindo o cotidiano, os sentimentos, as angústias de uma maneira tão única e gostosa de ler que até os assuntos mais complexos ganham um significado especial em linguagem simples e bem-humorada. [...] Minha esposa tem a senha do meu celular é um carinho para quem tem um amor, e uma esperança para aqueles que buscam um.” — BH Dicas “Um elogio idealizado ao acesso a quase todos os aspectos da vida do outro [...] um elogio despreocupado à abertura total entre casais. Uma defesa de que, no amor, ou pelo menos no amor vivido pelo autor, não há a necessidade de se esconder nada, de que a privacidade é mais um capricho do que um direito.” — Jornal do Commercio (JC)"
Edição3
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou