Buscar
Buscar

A Literatura Nazista na América

Por: R$ 54,90

Preço a vista: R$ 54,90

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 54,90
Outras formas de pagamento
Sinopse
Ficha Técnica
Literatura Nazista na América, a

Grupo Livros

AutorRoberto Bolaño
ISBN9788535932065
TítuloA Literatura Nazista na América
EditoraCompanhia das Letras
Ano de Edição2019
IdiomaPortuguês
Número de Páginas240
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura14
Profundidade1,4
Peso301
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseEste livro é, nas palavras do autor, “uma antologia vagamente enciclopédica da literatura nazista produzida na América entre 1930 e 2010”. Com a publicação desta coletânea de escritores fictícios e infames, Roberto Bolaño chamou pela primeira vez a atenção da crítica, que o saudou por sua “originalidade e imaginação brilhante”. Organizada como uma antologia de escritores simpáticos ao horror, esta engenhosa obra compila perfis dedicados à vida e aos livros de autores de um cânone fictício e delirante. Ao antecipar todas as temáticas que viriam a ser recorrentes na obra do autor, A literatura nazista na América é um livro-chave e cada vez mais atual na sua reflexão sobre o mal e a violência. As vidas imaginárias perfiladas neste livro — que pode ser lido como um volume de contos, mas, principalmente, como um romance, como queria seu autor — irão se converter numa paródia sombria (e atual) da história real da literatura e da política do continente. “Neste livro, Bolaño radicaliza seu projeto de tirar a literatura do pedestal e mostrar como ela é também cúmplice da barbárie. O nazifascismo não morreu: sua ideologia persiste difusa em toda cultura.” — Antônio Xerxenesky. “O autor chileno escancara a debilidade e hipocrisia de nossas sociedades letradas quando se trata de sua relação com o poder.” — Edmundo Paz Soldán “Na obra de Bolaño, a literatura é uma compulsão indigna e não particularmente agradável, como fumar.” — N+1 “Sua maneira de construir textos ao mesmo tempo desconcertantes, brilhantes e infinitamente próximos é uma forma de resistir ao mal, à adversidade, à mediocridade.” — Le Monde.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio