Buscar
Buscar

entrega-expressa

Jardim de Asfalto: Água, Meio Ambiente, Canalização e as Políticas Públicas de Saneamento Básico em Belo Horizonte – 1948-1973

+-
Jardim de Asfalto: Água, Meio Ambiente, Canalização e as Políticas Públicas de Saneamento Básico em Belo Horizonte – 1948-1973

Grupo Livros

AutorYuri Mello Mesquita
ISBN9788595302907
TítuloJardim de Asfalto: Água, Meio Ambiente, Canalização e as Políticas Públicas de Saneamento Básico em Belo Horizonte – 1948-1973
EditoraLetramento
Ano de Edição2019
IdiomaPortuguês
Número de Páginas178
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura22,5
Largura15,5
Profundidade9,89
Peso281
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
SinopseBelo Horizonte, cidade projetada no fim do século XIX para ser a capital de Minas Gerais, foi planejada com pouca consideração a topografia e a hidrografia da região em que foi construída. O traçado irregular dos rios não era compatível com as ruas retilíneas pretendidas pelos projetistas da urbe. Devido a essa concepção urbana, os cursos d’água sofreram a primeira intervenção e foram “canalizados” para acompanhar o trajeto das ruas. O esgoto era despejado nos córregos sem qualquer tipo de tratamento. Conforme a cidade crescia, o volume dos dejetos também aumentava, poluindo progressivamente as águas da bacia do Rio Arrudas e do Ribeirão Onça. Por meio desse processo, os córregos viraram locais de despejo de lixo, indesejados e sujos. As inundações também contribuíram para a sua rejeição pelos habitantes. Devido a esse cenário, as obras de canalização foram percebidas como a grande solução desses problemas e também serviriam, nos anos 1960 e 1970, para outro propósito, a ampliação do asfalto para a melhoria do fluxo de automóveis.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio