Homens de Um Livro So - o Fundamentalismo no Islã, no Cristianismo e no Pensamento Moderno
Autor:
Editora:
Cód:
9788577012831

Homens de Um Livro So - o Fundamentalismo no Islã, no Cristianismo e no Pensamento Moderno

Autor:
Editora:
Cód:
9788577012831

Disponibilidade

Não é possível calcular o valor do Frete para o CEP informadoPrazo de entrega válido para pedidos feitos até as 22h00 com cartão de crédito e aprovado na primeira tentativa.

Por: R$ 34,90

Preço a vista: R$ 34,90

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 34,90
Outras formas de pagamento
Opções de pagamento >
Comprar
Sinopse
Ficha Técnica

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Sinopse

Descrição do Produto

Homens de Um Livro So - o Fundamentalismo no Islã, no Cristianismo e no Pensamento Moderno

Grupo Livros

AutorMateus Soares de Azevedo
ISBN9788577012831
TítuloHomens de Um Livro So - o Fundamentalismo no Islã, no Cristianismo e no Pensamento Moderno
EditoraNova Era
Ano de Edição2009
IdiomaPortuguês
Número de Páginas128
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura14
Profundidade0,77
Peso180
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseO que é o fundamentalismo e como ele afeta a vida de todos nós? Por que esse fenômeno, que nada tem de recente, vem ganhando grande visibilidade, a ponto de ser errôneamente associado a intransigência, loucura e violência? Mateus Soares de Azevedo, renomado especialista em filosofia das religiões, explica nesta sua nova obra como o fundamentalismo foi transformado, do respeito à mensagem de paz e aos ensinamentos contidos nos livros sagrados, no sinônimo de sectarismo e intolerância. Abordando os temas do cristianismo e do islamismo, bem como do fundamentalismo científico, amplamente difundido na sociedade, o autor demonstra que o problema não está em levar a liturgia ao pé da letra, mas em interpretá-la de acordo com interesses que nada têm a ver com o amor e a paz dos povos, e sim com motivos políticos.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou