Buscar
Buscar

entrega-expressa

Guerras Civis: Ilhas de Desordem de Heiner Müller

Por: R$ 42,40

Preço a vista: R$ 42,40

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 42,40
Outras formas de pagamento
Guerras Civis: Ilhas de Desordem de Heiner Müller

Grupo Livros

AutorIngrid Dormien Koudela, Reimund Heiner Müller
ISBN9786555050646
TítuloGuerras Civis: Ilhas de Desordem de Heiner Müller
EditoraPerspectiva
Ano de Edição2021
IdiomaPortuguês
Número de Páginas128
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura21
Largura14
Profundidade0,8
Peso200
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
SinopseSINOPSE Sete temas diferentes em sete capítulos interligados e atravessados pela dramaturgia disruptiva de Heiner Müller, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo. Guerras Civis: Ilhas da Desordem de Heiner Müller expõe o desafio que a palavra impressa propõe ao teatro moderno, ao mesmo tempo que demonstra a capacidade pedagógica e libertadora que as formas de enfrentar esse desafio assumem. O livro traz a tradução para o português de uma peça curta do dramaturgo alemão, e em seguida aborda a relação estética entre o vanguardista Müller e Gotthold Ephraim Lessing, pensador alemão do século 18, em certa medida, um antecipador do romantismo. E ainda detalha a experiência da própria autora numa montagem com seus alunos-atuantes QUARTA-CAPA Em Guerras Civis: Ilhas de Desordem de Heiner Müller, Ingrid D. Koudela nos descortina o desafiador, e por vezes caótico, percurso de transformação da palavra escrita que se desdobra no tempo e no espaço cênicos em oralidade viva e gestual, ao mesmo tempo que nos introduz à obra do grande dramaturgo alemão Heiner Müller (1929-1995), e à pedagogia teatral. Partindo de Vida de Gundling Frederico da Prússia. Sono Sonho Grito de Lessing. Um Conto de Horror, de Müller, traduzido na íntegra para esta edição, Ingrid Dormien Koudela expõe o caráter performativo de sua escritura, no qual intertextualidade e desconstrução constituem-se como método de pesquisa e pedagógico, dando ampla liberdade a atuantes e encenadores. Esse aspecto “radicalmente democrático” do fazer teatral tem no coletivo Ói Nóis Aqui Traveiz, de Porto Alegre, também aqui abordado, um dos seus expoentes. A autora aponta para princípios estéticos similares em Müller e Oswald de Andrade, tanto conceitualmente, na antropofagia intelectual e na representação paródica, como nas escolas estéticas a que se filiaram. Nos sete capítulos deste livro, o leitor testemunhará numa visão prismática o valor da encenação como prática pedagógica e o valor do teatro como arte libertária. DA COLEÇÃO A coleção Perspectivas em Cena reúne textos e pesquisas ligados à pedagogia e à prática teatral em todas as suas manifestações, podendo envolver qualquer área que atravesse ou que traga subsídios técnicos para uma montagem teatral. DA CAPA Imagem da capa: desenho inspirado em cena da peça Sono Sonho Grito de Lessing presente nesta edição. Um cemitério de automóveis e um busto de Lessing que tenta se desvencilhar de um monte de areia onde está preso. TRECHOS Heiner Müller DE VIDA
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou