Escravidão - do Primeiro Leilão de Cativos em Portugal ate a Morte de Zumbi dos Palmares
Autor:
Editora:
Cód:
9786580634019

Escravidão - do Primeiro Leilão de Cativos em Portugal ate a Morte de Zumbi dos Palmares

Autor:
Editora:
Cód:
9786580634019
vol: 1

Disponibilidade

Não é possível calcular o valor do Frete para o CEP informadoPrazo de entrega válido para pedidos feitos até as 22h00 com cartão de crédito e aprovado na primeira tentativa.

Por: R$ 54,90

Preço a vista: R$ 54,90

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 54,90
Outras formas de pagamento
Opções de pagamento >
Comprar
Sinopse
Ficha Técnica

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Sinopse

Descrição do Produto

Escravidão - do Primeiro Leilão de Cativos em Portugal ate a Morte de Zumbi dos Palmares

Grupo Livros

AutorLaurentino Gomes
ISBN9786580634019
TítuloEscravidão - do Primeiro Leilão de Cativos em Portugal ate a Morte de Zumbi dos Palmares
EditoraGlobo
Ano de Edição2019
IdiomaPortuguês
Número de Páginas504
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23
Largura16
Profundidade1,73
Peso644
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volume1
SinopseDepois de receber diversos prêmios e vender mais de 2,5 milhões de exemplares no Brasil, em Portugal e nos Estados Unidos com a série 1808, 1822 e 1889, o escritor Laurentino Gomes dedica-se a uma nova trilogia de livros-reportagem, desta vez sobre a história da escravidão no Brasil. Resultado de seis anos de pesquisas e observações, que incluíram viagens por doze países e três continentes, este primeiro volume cobre um período de 250 anos, do primeiro leilão de cativos africanos registrado em Portugal, na manhã de 8 de agosto de 1444, até a morte de Zumbi dos Palmares, em 20 de setembro de 1695.Entre outros aspectos, a obra explica as raízes da escravidão humana na Antiguidade e na própria África antes da chegada dos portugueses, o início do tráfico de cativos para as Américas e suas razões, os números, os bastidores e os lucros do negócio negreiro, além da trajetória de alguns de seus personagens mais importantes, como o Infante Dom Henrique, patrono das grandes navegações e descobrimentos do século XV e também um dos primeiros grandes traficantes de escravos no Atlântico. Esta é uma história de dor e sofrimento cujos traços ainda são visíveis atualmente em muitos dos locais visitados pelo autor, como Luanda, em Angola; Ajudá, no Benim; Cidade Velha, em Cabo Verde; Liverpool, na Inglaterra; e o cais do Valongo, no Rio de Janeiro. Os dois volumes seguintes, a serem publicados até as vésperas do bicentenário da Independência Brasileira, em 2022, serão dedicados ao século XVIII, o auge do tráfico de escravos, e ao movimento abolicionista que resultou na Lei Áurea de 13 de maio de 1888, chegando até o persistente legado da escravidão que ainda hoje assombra o futuro dos brasileiros.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou