Buscar
Buscar

Empresário Industrial e Desenvolvimento Econômico no Brasil

Por: R$ 49,90

Preço a vista: R$ 49,90

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 49,90
Outras formas de pagamento
Sinopse
Ficha Técnica
Empresário Industrial e Desenvolvimento Econômico no Brasil

Grupo Livros

AutorFernando Henrique Cardoso
ISBN9788520011164
TítuloEmpresário Industrial e Desenvolvimento Econômico no Brasil
EditoraCivilização Brasileira
Ano de Edição2020
IdiomaPortuguês
Número de Páginas238
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23
Largura15,6
Profundidade1,2
Peso310
FormatoPapel
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopsePublicado originalmente em 1964, Empresário industrial e desenvolvimento econômico no Brasil trata da formação do “espírito empresarial” e de sua contribuição para o desenvolvimento econômico do país.   Buscando entender o desenvolvimento econômico e as condições que se poderia encontrar no país, Empresário industrial e desenvolvimento econômico no Brasil considera a formação da sociedade industrial “de massas” e a formação do “epirito empresarial” para a formação do pais. Na primeira parte do livro, o autor avalia a visão de alguns teóricos sobre a sociedade capitalista industrial. Distingue o papel dos empreendedores na época da formação do capitalismo de seu papel na época das grandes “sociedades anônimas”, bem como mostra que os empresários das sociedades subdesenvolvidas se distinguem, em mentalidade e em ação, dos que operaram no período inicial da formação do capitalismo e dos que se inserem no capitalismo desenvolvido. O livro mostra também que os chamados “produtores tradicionais” atuam diferentemente dos inovadores. O crescimento econômico não é visto como consequência automática da “acumulação”, uma vez que decorre da ação de sujeitos históricos, os empreendedores. Na segunda e última parte de Empresário industrial e desenvolvimento econômico no Brasil, apresenta-se uma visão mais complexa da sociedade brasileira, evitando oposições binárias. Ressalta o papel das classes médias e populares no “impulso” para o desenvolvimento, que poderia vir “de fora” do setor econômico: da intelectualidade e dos segmentos militares, que em certos momentos históricos impulsionaram o crescimento do país.  
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio