0
0
Duas Viagens Ao Brasil
Autor:
Editora:
Cód:
9788525417336

Duas Viagens Ao Brasil

Autor:
Editora:
Cód:
9788525417336
l&pm pocket

Disponibilidade

Não é possível calcular o valor do Frete para o CEP informadoPrazo de entrega válido para pedidos feitos até as 22h00 com cartão de crédito e aprovado na primeira tentativa.

Por: R$ 23,90

Preço a vista: R$ 23,90

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 23,90
Outras formas de pagamento
Opções de pagamento >
Comprar
Sinopse
Ficha Técnica

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Sinopse

Descrição do Produto

Duas Viagens Ao Brasil

Grupo Livros

AutorHans Staden
ISBN9788525417336
TítuloDuas Viagens Ao Brasil
EditoraL&Pm
Ano de Edição2008
IdiomaPortuguês
Número de Páginas184
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura17,8
Largura10,7
Profundidade1,1
Peso276
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseDuas vezes em meados do século XVI, o mercenário e arcabuzeiro alemão Hans Staden aportou nas costas do recém-descoberto Brasil. A primeira, em 1549, passando por Pernambuco e pela Paraíba, e a segunda, em 1550, quando chegou na ilha de Santa Catarina, dirigindo-se posteriormente à capitania de São Vicente, no litoral sul do atual estado de São Paulo. Na segunda viagem, como viera a bordo de um navio espanhol, foi preso pelo governador-geral, o português Tomé de Sousa, e em seguida capturado pelos índios tamoios, inimigos dos tupiniquins e dos portugueses e aliados dos franceses. O jovem Staden viveu para contar o que viu: paisagens virgens, riquezas inexploradas e a prática ritual do canibalismo, do qual por muito pouco não foi vítima. O livro com o seu relato foi publicado em 1557, em Marburgo, Alemanha, ilustrado por xilogravuras anônimas (reproduzidas nesta edição) baseadas nas suas descrições, e imediatamente tornou-se um best-seller em toda Europa. Trata-se da mais acurada e impressionante descrição do banquete antropofágico – o festim canibal praticado pelos povos Tupi. É, também (junto à Carta de Pero Vaz de Caminha) umas das primeiríssimas reportagens realizadas sobre os povos que viviam no que viria a ser o Brasil, um eletrizante relato feito por, como diz Eduardo Bueno no prefácio, "um estrangeiro em um mundo estranho". Com um estilo coloquial e direto, eis um livro soberbo e necessário, fundamental para a cultura brasileira.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou