Buscar
Buscar

Do Outro Lado do Rio, Entre as Árvores

Por: R$ 74,90

Preço a vista: R$ 74,90

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 74,90
Outras formas de pagamento
Do Outro Lado do Rio, Entre as Árvores

Grupo Livros

AutorErnest Hemingway
ISBN9788528618938
TítuloDo Outro Lado do Rio, Entre as Árvores
EditoraBertrand Brasil
Ano de Edição2014
IdiomaPortuguês
Número de Páginas336
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23
Largura15,5
Profundidade1,9
Peso450
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
Sinopse"Hemingway explora de forma sentimental o amor, a morte e o choque com o mundo em que vive, neste aclamado Do outro lado do rio, entre as árvores.   Do outro lado do rio, entre as árvores narra a história do Coronel Cantwell, cuja vida está por um fio, e de seu amor por uma jovem condessa italiana. Neste romance pungente, em que a ação mais intensa se desenrola no íntimo das personagens, Ernest Hemingway, Prêmio Nobel de Literatura, demonstra, mais uma vez, sua precisão estilística, bem como o profundo conhecimento da alma humana que marcou para sempre sua obra literária.  ""Iniciado nos primeiros meses de 1949, quando o autor passava suas férias na Itália, em Cortina d’Ampezzo – que ele tanto amava e que lhe trazia tantas reminiscências de bons e amargos tempos –, continuado em Finca Vigia, sua fazenda perto de Havana, concluído e revisto em Veneza, nos primeiros meses do ano seguinte, Do outro lado do rio, entre as árvores demonstra uma vez mais a precisão formal com que Hemingway escrevia: a linguagem direta, as pinceladas curtas, o todo descrito pela exatidão minuciosa do pormenor, as personagens reais, palpáveis quase. A história do Coronel Cantwell, cuja vida está por um fio – suas coronárias deficientes podem liquidá-lo de um momento para outro –, e de seu amor por uma jovem condessa italiana, Renata, é pungente. Homem maduro, vivido e sofrido, cujo corpo e espírito ainda carregam as cicatrizes da Segunda Guerra Mundial, Cantwell sabe que vai morrer logo e se entrega com paixão aos últimos prazeres que a vida pode lhe proporcionar. Ele analisa em retrospecto sua vida, constatando que ela poderia ter sido pior e, mesmo sem ter realizado em plenitude seus sonhos mais arrojados, conclui que valeu a pena vivê-la. Cantwell sempre fora vítima de um conflito interior, de uma contradição íntima entre a violência e a delicadeza, entre a brutalidade e a ternura. Agora, nos bosques próximos a Veneza, com o outono dourando as árvores, um verdadeiro e perdido amor como que o humaniza por completo, sublinhando o que havia de bom dentro dele, sufocando a dureza e a secura que sua carreira militar durante tanto tempo lhe havia imposto. Romance introspectivo, em que a ação mais intensa ocorre no plano do invisível, Do outro lado do rio, entre as árvores é um romance de amor."" — Ênio Silveira"
Edição9
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio

Quem viu, também comprou