Buscar
Buscar

45%

Crianças Francesas Não Fazem Manha

De: R$ 42,90Por: R$ 23,60

Preço a vista: R$ 23,60

Economia de R$ 19,30

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 23,60
Outras formas de pagamento
Crianças Francesas Não Fazem Manha

Grupo Livros

AutorPamela Druckerman
ISBN9788539004294
TítuloCrianças Francesas Não Fazem Manha
EditoraFontanar
Ano de Edição2013
IdiomaPortuguês
Número de Páginas272
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23
Largura16
Profundidade1,6
Peso428
FormatoFísico
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseExaustão com o choro e a manha das crianças pequenas, falta de tempo para suas próprias necessidades e para um convívio romântico em casal, sofrimento com insegurança, preocupação excessiva, dependência e culpa. Tudo isso faz realmente “parte do pacote” de ter filhos? Pamela Druckerman começou a perceber que, na França, a resposta é um enfático não. A jornalista americana se muda para Paris logo após se casar. Lá, além das diferenças culturais mais conhecidas, começa a observar que as crianças se comportam de forma muito mais educada do que jamais viu. Estarrecida, ela percebe que os jantares nas casas dos franceses não são eventos caóticos em que crianças interrompem os adultos, brigam com os irmãos ou reclamam dos legumes. Esse é apenas um dos exemplos que a fazem querer descobrir qual é a mistura de autoridade e relaxamento dos pais que faz com que as crianças francesas sejam tão comportadas, sem ficarem reprimidas ou sem personalidade. Afinal, qual é o segredo para que durmam a noite toda? Para que não tenham ataques de birra em público? Para que sentem-se de maneira educada à mesa e experimentem muito mais do que nuggets e batatas? Para que desenvolvam a autoestima e se tornem articuladas? Os pais que ela observou em Paris parecem ter encontrado o equilíbrio perfeito entre ouvir os filhos e deixar claro que são os adultos que mandam. Dentro de um limite conhecido como cadre, essas crianças têm total liberdade e autonomia, mas fora dele, quem exerce autoridade são os pais. Pamela nota que os franceses conseguem balancear admiravelmente suas necessidades e as das crianças, não se acorrentam a um falso conceito de pais perfeitos e, ainda assim, são atentos, carinhosos e criam filhos educados e felizes. A autora empreende uma surpreendente jornada pela cultura francesa e passa a rever alguns conceitos da criação de filhos. Por anos, ela investiga as respostas a essas e outras questões, além de viver muitas experiências no próprio cotidiano, já que se torna mãe em Paris. O resultado é um relato inteligente, bem-humorado e ao mesmo tempo bem-fundamentado dos segredos dos franceses para ter filhos criativos e educados - e também um manual para os pais não se tornarem escravos de pequenos tiranos.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio