Buscar
Buscar

Correio Amoroso: 20 Cartas sobre Paixões, Encontros e Despedidas

+-
Correio Amoroso: 20 Cartas sobre Paixões, Encontros e Despedidas

Grupo Livros

AutorJoão Anzanello Carrascoza, Marcelo Moutinho, Edney Silvestre, Clotilde Tavares, Ana Pessoa, Renata Belmonte, Jacques Fux, Paula Gicovate, Natalia Borges Polesso, Natalia Timerman, Cristiane Sobral, Luiza Mussnich, Jessé Andarilho, Mario Rodrigues, Mateus Baldi, Bruno Ribiero, Marcela Dantés, Olívia Nicoletti, Taylane Cruz
ISBN9788595000643
TítuloCorreio Amoroso: 20 Cartas sobre Paixões, Encontros e Despedidas
EditoraOficina Raquel
Ano de Edição2022
IdiomaPortuguês
Número de Páginas133
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura19,5
Largura12,5
Profundidade1
Peso100
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
SinopseSão bastante conhecidos os versos “Todas as cartas de amor são / Ridículas”, do Fernando Pessoa, na verdade pelo seu heterônimo Álvaro de Campos. Prática tão comum quanto a poesia adolescente, escrever cartas de amor faz parte da história de quase todas as pessoas, num tipo de texto que vai do recado banal ao confessionário mais íntimo e secreto. Desde o chamado gênero epistolar, cuja técnica rendeu grandes romances entre os séculos 18 e 19, até a própria valorização da troca de cartas entre escritores, as missivas literárias atraem muitas pessoas, estabelecendo uma relação de proximidade entre texto e leitores. E hoje, nesse tempo em que milhões de mensagens são trocadas a cada dia, evaporando-se no ar com a mesma velocidade com que são criadas, como seriam cartas de amor literárias? Pensando nesse exercício, Henrique Rodrigues convidou outros 19 escritores, de diferentes dicções, para escreverem cartas partindo do amor como temática. O resultado é a antologia CORREIO AMOROSO – 20 CARTAS SOBRE PAIXÕES, ENCONTROS E DESPEDIDAS. O livro apresenta um recorte da diversidade da literatura brasileira contemporânea, retratando também as diferentes formas de manifestação do amor. O livro vem encartado numa sobrecapa em forma de envelope, que, ao ser desdobrada, se revela a forma de um coração. A sobrecapa-envelope traz o poema Todas as cartas de amor são ridículas, de Álvaro de Campos (Fernando Pessoa), mencionado no texto de apresentação do livro. Em alusão ao poema, a própria forma de coração do envelope traz, propositalmente, um pouco desse “ridículo” do poema.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio