Buscar
Buscar

entrega-expressa

Coleção Dostoiévski 200 Anos

Por: R$ 1.200,00

Preço a vista: R$ 1.200,00

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 1.200,00
Outras formas de pagamento
Coleção Dostoiévski 200 Anos

Grupo Livros

AutorFiódor Dostoiévski
ISBN9786555250794
TítuloColeção Dostoiévski 200 Anos
EditoraEditora 34
Ano de Edição2021
IdiomaPortuguês
Número de Páginas7688
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23,6
Largura43,8
Profundidade16,3
Peso11600
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
SinopseTrazendo a prosa completa de Fiódor Mikháilovitch Dostoiévski (1821-1881) na comemoração dos 200 anos de seu nascimento, esta coleção reúne 24 volumes, do primeiro romance do autor, Gente pobre (1846), ao último, Os irmãos Karamázov (1880), incluindo seus contos e os textos literários de Diário de um escritor (compilados no volume Contos reunidos), além das Crônicas de Petersburgo. O conjunto registra toda a evolução da obra desse gênio da literatura, sempre em traduções diretas do russo — um trabalho grandioso da Editora 34, iniciado em 2000 com a publicação de Memórias do subsolo. Gente pobre (1846), tradução de Fátima Bianchi [2009] O duplo (1846), tradução de Paulo Bezerra, ilustrações de Alfred Kubin [2011] Crônicas de Petersburgo (1847), tradução de Fátima Bianchi [2020] A senhoria (1847), tradução de Fátima Bianchi, ilustrações de Paulo Camillo Penna [2006] Noites brancas (1848), tradução de Nivaldo dos Santos, ilustrações de Livio Abramo [2005] Niétotchka Niezvânova (1849), tradução de Boris Schnaiderman [2002] Um pequeno herói (1857), tradução de Fátima Bianchi, ilustrações de Marcelo Grassmann [2015] A aldeia de Stepántchikovo e seus habitantes (1859), tradução de Lucas Simone, ilustrações de Darel [2012] Dois sonhos: O sonho do titio (1859) e Sonhos de Petersburgo em verso e prosa (1861), tradução de Paulo Bezerra [2012] Humilhados e ofendidos (1861), tradução de Fátima Bianchi, ilustrações de Oswaldo Goeldi [2018] Escritos da casa morta (1862), tradução de Paulo Bezerra, ilustrações de Oswaldo Goeldi [2020] Uma história desagradável (1862), tradução de Priscila Marques [2016] Memórias do subsolo (1864), tradução de Boris Schnaiderman [2000] O crocodilo (1865) e Notas de inverno sobre impressões de verão (1863), tradução de Boris Schnaiderman [2000] Crime e castigo (1866), tradução de Paulo Bezerra, ilustrações de Evandro Carlos Jardim [2001] Um jogador (1867), tradução de Boris Schnaiderman, ilustrações de Axel Leskoschek [2004] O idiota (1869), tradução de Paulo Bezerra, ilustrações de Oswaldo Goeldi [2002] O eterno marido (1870), tradução de Boris Schnaiderman [2003] Os demônios (1872), tradução de Paulo Bezerra, ilustrações de Claudio Mubarac [2004] Bobók (1873), tradução de Paulo Bezerra, ilustrações de Oswaldo Goeldi [2012] O adolescente (1875), tradução de Paulo Bezerra [2015] Duas narrativas fantásticas: A dócil (1876) e O sonho de um homem ridículo (1877), tradução de Vadim Nikitin [2003] Os irmãos Karamázov (1880), tradução de Paulo B
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio