Buscar
Buscar

A Modernidade em Um Julgamento sem Fim

Por: R$ 94,90

Preço a vista: R$ 94,90

+-
Comprar
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 94,90
Outras formas de pagamento
Sinopse
Ficha Técnica
A Modernidade em Um Julgamento sem Fim

Grupo Livros

AutorLeszek Kolakowski
ISBN9788520011607
TítuloA Modernidade em Um Julgamento sem Fim
EditoraCivilização Brasileira
Ano de Edição2021
IdiomaPortuguês
Número de Páginas322
País de OrigemBrasil
AcabamentoBrochura
Altura23
Largura15,5
Profundidade1,5
Peso420
FormatoPapel
OrigemBrasil
Serie/Coleçãovazio
Volumevazio
SinopseA modernidade em um julgamento sem fim reúne artigos do polêmico filósofo conservador e marxista revisionista Leszek Kolakowski.   O que é moderno ou o que é ser moderno? “A […] ambiguidade assombra a própria palavra moderno. Em alemão a palavra significa tanto ‘moderno’ quanto ‘na moda’, enquanto na língua inglesa e outras […] distinguem os dois significados.” Essa ideia ou palavra, que tem tanto peso cultural, é o ponto inicial das reflexões reunidas em A modernidade em um julgamento sem fim, composto por 23 ensaios do filósofo e historiador polonês Leszek Kolakowski. Os trabalhos selecionados pelo próprio autor foram escritos entre os anos de 1973 e 1986, e reúnem de maneira exemplar os principais pensamentos dessa figura controversa que, na década de 1960, posicionou-se contra o stalinismo e, por defender uma linha mais humanizada do marxismo, foi expulso do Partido Comunista Polonês. Compartilhando da tradição do “incômodo”, Kolakowski pergunta-se largamente em diferentes perspectivas: “o que há de errado com Deus? Com a democracia? Com o socialismo? Com a arte? Com o sexo? Com a família? Com o crescimento econômico? Parecemos viver com a sensação de uma crise generalizada, incapazes, no entanto, de identificar claramente suas causas.” As grandes questões individuais e coletivas misturam-se, e o autor se posiciona: seguimos dando respostas simplórias a perguntas profundas. Mas como podemos, então, refazê-las ou encará-las com profundidade? A modernidade em um julgamento sem fim revela-se um poderoso compilado de indagações humanas, mas também um importante documento para a posterioridade e para o agora. Publicado originalmente em 1990, este livro reflete os caminhos ocidentais do século XX como quem olha para si, com propósito de, no século XXI, se tornar mais íntegro. Munido de percepções profundas, apenas como os clássicos podem ser, Kolakowski permanece relevante. Afinal, neste nosso século, “ser moderno” ainda está “na moda”.
Edição1
LivroDigitalvazio
PrevendaVazio